class="contos-template-default single single-contos postid-73894"

Veja Transei Com Minha Irmã Na Quarentena 2020

Este conto erótico foi 100% escolhido usando o Assistente de otimização para achar melhores contos eróticos!

O conto com titulo “Transei com minha irmã na quarentena” pode ser localizado no campo de busca .

Vá em frente, tente agora não gozar. (Sim, vá em frente! Ele foi feito para fins de diversão e queremos que você o goze muito.)
Ao assistir esse vídeo não esqueça de dar gostei ou desgostei esses parâmetro serve para otimização.

Agora, aperte o play e espero que curta esse conto  e boa diversão.

 Transei com minha irmã na quarentena

Agora cuta seu vídeo “Transei com minha irmã na quarentena”

próximo post

nosso parceiros

Olá meus amores do melhor site de contos eróticos do Brasil, tudo bem? Meu nome é Flávia, tenho 26 anos, morena 1,71 de altura e 53kgs. Moro em São Paulo e adoro malhar, balada e uma cervejinha.

Hoje vou contar minha história para vocês! E tudo começou no mês passado, na quarentena. Minha irmã Raquel saiu do trabalho devido ao corte que houve na empresa dela, e para não morar de aluguel veio morar comigo.

Raquel é morena também, tem 1.65 de altura, peitos grandes e uma bunda razoavelmente grande. Minha irmã e eu sempre fomos muito apegadas e quando ela veio morar comigo o amor entre a gente aumentou ainda mais rs.

Como eu estou solteira e moro sozinho em um apartamento, ficamos muito tempos juntas, pois eu faço Home Office para uma empresa aqui da cidade mesmo. Minha irmã sempre foi muito atenciosa., mas andava se sentindo bastante sozinha depois que ela ficou solteira.

Certo dia eu estava trabalhando e minha irmã passou por mim com um babydoll bem justinho, estranhamente senti uma atração muito grande por ela, principalmente quando percebi que ela estava sem calcinha e que o shortinho marcava bem a buceta dela.

Aquilo me deu muita água  na boca, e eu precisava me segurar, mas não conseguia. Como a gente era de brincar muito, me aproximei dela e dei um tapinha naquele capôzinho de fusca, e falei brincando com ela: “Que delicia em maninha?”

Ela deu uma risadinha que a entregou que ela tinha gostado. Fui até a geladeira disfarcei peguei um copo de suco, voltei e dei um tapinha de novo naquela buceta linda, mas dessa vez fiz um carinho mais “demorado”, e ela fechou os olhos e fez carinha de que tava gostando.

Naquele momento percebi que ela queria tanto quanto o eu, então a encostei na geladeira e dei um beijo no pescoço dela, e comecei a fazer movimentos circulares com as pontas dos dedos por cima do shortinho dela, e fui sentindo ela ficando toda molhadinha.

Fui até a boca dela da minha irmã e dei um beijo, ouvi ela dizer baixinho: “Não Flávia, por favor”, mas aquele não dela foi muito incerto, continuei beijando ela e tirando a roupa dela levemente. Me ajoelhei de frente pra ela, dei um beijo em sua buceta e ela se retorceu todinha de tesão.

Ela colocou uma perna dela em cima do meu ombro e segurou nos meus cabelos enquanto eu lambia bem devagar a buceta gostosa dela.

Chupei a buceta da minha irmã e ela gozou na minha boca

Comecei a chupar ela todinha, levei ela até a pia da cozinha onde fiz ela abrir bem as pernas pra mim, consegui lamber aquele clitóris lindo e perfeito que estava molhadinho escorrendo pela minha boca, ela segurava minha cabeça mais forte a cada lambida que eu dava.

Foi ai que veio o seu primeiro orgasmo, e pra minha felicidade, minha irmã gozou na minha boca!

A gente foi pro meu quarto, me deitei na cama e ela começou chupar meus peitos e fazer uma siririca maravilhosa na minha buceta. Fiquei louca de tesão, não conseguia me segurar mais, quando ela começou a deslizar a língua dela por todo meu corpo fiquei loucamente arrepiada.

Ela então chegou até minha buceta onde começou me chupar com força, meu pinguelo parecia um pirulito na boca de uma mulher que sabia muito bem chupar. Ela me virou de quatro e começou a chupar minha buceta e levei maior susto.

MINHA IRMÃ CHUPOU O MEU CU! Aquela sensação deliciosa foi maravilhosa, ela lambeu meu cuzinho inteiro e me deixou molhadinha, não me segurei e acabei gozando com uma lambida no rabo.

Eu pensei que havia acabado, enquanto pensava  o que me levou a transar com minha irmã, ela me chupava mais ainda na buceta e enfiando 3 dedos dentro de mim, me deixava louca, minutos depois eu gozei de novo.

Nós duas ficamos deitadas peladas olhando uma pra outra e rindo, com aquela cara de “O que a gente fez!?”.

Agora sempre que queremos fazemos uma brincadeirinha entre irmãs rsrs.

O post Transei com minha irmã na quarentena apareceu primeiro em .

Contos Que você tambem vai Gostar

Realizei Sonho De Ser Corno
Veja  Minha Empregada Mineira Novinha 2020
Veja  Relaxando Na Piscina 2020
Veja  Trabalhadores Da Obra Comeram Meu Rabo 2020
Troca De Casais Para Apimentar A Relação
Veja  O Estilo Safado Da Mamãe 2020
Veja  A Chance Do Boruto 2020
Veja  A Tia Vadia E O Sobrinho Nerd 2020
Veja  Minha Esposa Viciada No Ex 2020
Matei O Meu Libido E Dei A Bucetinha Ao Meu Camarada